O Manbol e o um esporte criado em Parauapebas inspirado em uma fruta.

Realizado o lançamento oficial do Manbol, um novo esporte tipicamente Parauapebense, o evento esportivo realizado nessa terça-feira,20, na Escola Municipal Carlos Henrique, contou com a presença do Criador da Modalidade Rui Hildebrando, o prefeito de Parauapebas Valmir Mariano a secretaria de educação municipal Juliana Souza e também do novo secretário de Esporte João Assis.

Criado em 2004 pelo Professor Rui Hildebrando, o esporte nasceu de uma simples brincadeira com mangas, no fundo do quintal. E agora toma dimensões diferentes na cidade de origem já que nova modalidade esportiva conquistou outros estados brasileiros. “A ideia e fazer com que as pessoas reconheça que o Brasil o Pará e Parauapebas tem uma ideia muito original, que é o esporte Manbol, criado aqui. Em 2005 abrir minha primeira escola de Manbol em Belém, desde então não parei mas de sonhar, Hoje a modalidade e praticada na Argentina, Venezuela, temos Manbol em todo Brasil e agora temos Manbol em Parauapebas”. Explicou o criador da modalidade, Rui Hildebrando.

O Manbol, ainda estar em fase experimental vai ser implementada em 10 escolas da rede municipal, cada uma delas receberam das mãos do prefeito Valmir Mariano um kit manbol, contendo Grama, rede, suporte e bola. Para a Secretaria de educação Juliana Souza esse primeiro contato com o nova modalidade e extremamente importante, já que a modalidade vai passar por fase de adaptação por parte dos alunos e professores: “Como e uma modalidade relativamente nova, nos precisamos testar, de acordo com a aceitação por parte das pessoas vamos implantar nas demais escola, existe a possibilidade do Manbol fazer parte das nossas atividades, ele e dinâmico, interativo, e trabalha a parte física e social da criança”. Explicou ela.

Jogando Manbol

Simples, uma quadra de 10m por 5m, uma rede na altura de 1,65m dividindo a quadra, 2 jogadores por vez disputando um set que se conta ao total de 12 pontos, duas bolas com peso e variação de acordo com o jogador (N-1, N-2) V-120g-160g, 20-22cm de espessura e 20-22cm de comprimento no formato ovulado que estarão sendo lançadas ao mesmo tempo em movimentos constantes.  É permitido o arremesso de várias maneiras uniformes e livres de acordo com a capacidade de visão e coordenação do praticante.
Movimentos de braços; Todos os lances e arremessos devem estar configurado em  movimentos de braços, até a altura do ombro seguindo o horizontal, diagonal vertical lado ou o vertical baixo, os lances que forem visualizados em arremesso frontal alto ou frontal médio (mesmo que arremessos de pedra) será interpretado como movimento avulso ao Manbol que implicará em falta, salve arremessos curvado abaixo da rede.

Faltas
As faltas acontecem quando há:

  • Toque de bola na rede;
  • Arremesso com as duas mãos;
  • Segurar as duas bolas ao mesmo tempo;
  • Dois segundo é o tempo Máximo permitido para o lance da última bola quando uma já for definida, é também usado para o tempo de bola na mão de ambos os jogadores;
  • Na falta paralisam de imediato a jogada e conta ponto ou inversão de posse mais ponto vai depender de quem tem a posse.

Toda falta corresponde a 1 ponto.

(Por: Williane Souza )

× Como posso te ajudar?